ERP – Um sistema para organizar o trabalho de uma empresa

0
1226
erp-um-sistema-para-organizar-o-trabalho-de-uma-empresa

ERP, ou Enterprise Resource Planning, sigla em Inglês que significa em tradução livre significa Planejamento dos Recursos da Empresa.

O sistema tem como objetivo organizar o trabalho de uma empresa. Ele registra informações referentes a clientes, fornecedores, funcionários, produtos, vendas, compras, pagamento, impostos entre outras coisas.

O ERP surgiu como uma alternativa para centralizar e integrar todos os dados, permitindo ter um controle financeiro, contábil e fiscal mais fácil, com informações interligadas e simples de acessar e interpretar.

O software de ERP é um sistema de informática responsável por cuidar de todas as operações diárias de uma empresa, desde o faturamento até o balanço contábil, de compras a fluxo de caixa, de apuração de impostos a administração de pessoal, de inventário de estoque às contas a receber, do ponto dos funcionários a controle do maquinário da fábrica, enfim, todo o trabalho administrativo e operacional feito numa empresa.

A forma como estes registros interagem faz parte do desenho de processos do ERP, e neste momento o sistema tem a função de ser um integrador de processos com base nas regras de negócios e definições parametrizadas pela empresa.

Funções de um ERP

Uma das funções mais importantes do ERP são seus relatórios. Com apenas alguns cliques é possível ter um panorama real da sua empresa naquele momento.

É possível acompanhar os valores de entrada e saídas, e assim entender melhor o fluxo de caixa. Também é possível avaliar o estoque, evitando comprar o que não precisa e reduzindo os gastos com as compras.

Outras vantagens do ERP são:

  • Diminuição do tempo para gerenciar o financeiro e o estoque.
  • Liberdade para se dedicar mais a outras áreas da empresa.
  • Redução da burocracia na emissão de NF-e.
  • Diminui os erros por lançamento e controle manual, tornando os dados mais reais.
  • Os dados ficam integrados e de fácil acesso, incluindo os relatórios.
  • O backup é feito automaticamente, em casos de software na nuvem, assim os dados ficam mais seguros.

Embora ERP e BPM possam a ser confundidos, eles têm funções bem distintas nas empresas. A melhor maneira de diferenciá-los é pensar que o ERP lida com recursos financeiros e estoque, enquanto o BPM trata de automação e gerenciamento de processos.

A gestão pode utilizar os dois sistemas de gestão empresarial simultaneamente, dependendo da área de atuação. Se a associação for realizada da forma correta, os dois sistemas se complementam e preenchem as brechas funcionais um do outro.

Entendeu como funciona o ERP e como ele pode ajudar na empresa? Conheça também as funções do BPM, clique aqui e saiba mais.

Deixe uma resposta:

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui