Trabalho Intermitente – A nova modalidade de Trabalho

0
861
trabalho-intermitente-o-que-e

Com a aprovação da reforma nas leis trabalhista, surgiu uma nova modalidade de trabalho: o Trabalho Intermitente.

Nesse modelo, até então inexistente no Brasil, o trabalhador é contratado esporadicamente e recebe pelo período em que prestou seus serviços.

Nesta modalidade, o trabalhador intermitente passa a ter opção de escolha para executar ou não determinado serviço pelo período para o qual foi convocado. Podendo até mesmo se recusar a prestá-lo.

O contrato intermitente não determina uma carga horária mínima, mas mantém a carga máxima de 44 horas semanais e 220 horas mensais.

O contrato pode ser realizado de vários modos, como por exemplo, 2 horas por semana, 2 horas por mês, 8 horas semanais.

Como funciona o Trabalho Intermitente?

Funciona da seguinte maneira:

Uma empresa contrata um trabalhador que ficará à sua disposição esperando por uma convocação. A convocação deverá ser feita com pelo menos 3 dias de antecedência.

O contratado tem que obedecer todas as normas da empresa e terá seu trabalho supervisionado pelo contratante.

Todas as condições de trabalhado devem estar escritas no contrato, além do valor por hora trabalhada. Não é permitido um valor por hora menor que o mínimo dos outros funcionários da empresa.

Outra clausula importante que deve conter no contrato, é que todas as contratações terão o mesmo valor por hora, mesmo que o serviço prestado seja outro.

Para o contratado a vantagem está na liberdade para trabalhar em outras empresas enquanto não recebe a convocação do contratante.

É importante ressaltar que o contrato de trabalho intermitente possui as mesmas garantias trabalhistas que os outros.

Para mais informações sobre como contratar mão de obra qualificada, acesse o site grupoasserth.com.br!

Conheça a Nova Lei Trabalhista e também o Trabalho Intermitente.

Deixe uma resposta:

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui